Regulamento – FTERJ

Objetivos e Considerações Iniciais

Todas as competições de Triathlon, Duathlon e Aquathlon realizadas no Estado do Rio de Janeiro, área de atuação da FTERJ, serão regidas pelo regulamento oficial da CBTri – Confederação Brasileira de Triathlon.

Entretanto a FTERJ tem o poder de adaptá-lo de forma com que os objetivos regionais da mesma possam ser melhor alcançados, de acordo com a realidade local.

Com este propósito, foi elaborado o Regulamento Oficial de Triathlon no Rio de Janeiro para as provas integrantes dos Campeonatos Estaduais, que nada mais é do que um conjunto de adaptações sobre o referido regulamento Nacional.

Fica aqui o alerta aos atletas registrados na FTERJ, no sentido de que os mesmos tenham sempre o cuidado de fazer uma revisão nestes regulamentos em caso de participação em Campeonatos Brasileiros ou provas sancionadas diretamente pela CBTri.

Condições de Participação

Estarão habilitados a participar das provas dos Campeonatos Estaduais e outras sancionadas pela FTERJ, atletas federados ou não, sendo que apenas os atletas federados concorrem aos títulos dos referidos campeoantos (Geral e Categorias), tem descontos nas inscrições e pontuam para suas respectivas equipes.

Inscrições

As inscrições para as provas oficiais poderão ser feitas pelos meios disponíveis e válidos para os eventos em questão, de acordo com o regulamento específico das mesmas.

Uniformes

Os competidores poderão utilizar-se de uniformes próprios, com ou sem veiculação de propaganda.

Importante observar que é rigorosamente proibido competir nas etapas de ciclismo e corrida, sem camisa (com o torso nu).

Para o atleta subir no pódio de premiação, deverá estar devidamente vestido, não podendo sobre qualquer hipótese se apresentar com o torso nu, descalço ou portando objetos inadequados.

Congresso Técnico

A realização ou não de Congressos Técnicos (Simpósios) antes das provas (normalmente no dia anterior à mesma), é uma decisão da organização em função das características técnicas específicas de um determinado evento, ou ainda para atender à eventuais compromissos promocionais de patrocinadores.

A presença dos atletas não é obrigatória, mas os ausentes não poderão alegar desconhecimento dos aspectos técnicos da prova para justificar eventuais faltas cometidas durante a mesma.

Retirada de Kits

Os Kits de Competição, normalmente compõe-se de sacola, touca, número de identificação, camiseta e outros eventuais brindes fornecidos por patrocinadores.

Os mesmos deverão ser retirados pelos próprios atletas ou por pessoas por eles autorizadas através de documento formal específico, dentro do horário pré-estabelecido na programação oficial do evento.

Os Kits deverão ser conferidos no momento da retirada, não se aceitando reclamações posteriores sobre falta de itens ou defeitos de qualquer natureza.

Equipamento

Em todas as modalidades, não é permitido o uso de aparelhos que prejudiquem a visão ou audição do competidor (head-phones, rádios de comunicação, celulares, etc.).

Natação

É obrigatório o uso da touca fornecida pela organização. Caso a mesma não seja fornecida, caberá à organização considerar este item obrigatório ou não com a utilização de material próprio dos atletas.

Ciclismo

Ao contrário do exposto nas regras oficiais da CBTri, será permitido o uso de qualquer tipo de bicicleta em provas no Estado do Rio de Janeiro, inclusive as do tipo Mountain Bike, desde que estejam em bom estado de conservação e não ofereçam perigo para os demais competidores.
Da mesma forma será permitido o uso de qualquer tipo de guidon.
O uso de sapatilhas não é obrigatório, mas o atleta não poderá pedalar descalço.

Corrida

O número de identificação do competidor deverá estar bem posicionado, na parte frontal, sobre a camisa, com a borda inferior do mesmo acima da borda inferior da camisa.
Não é permitido correr sem camisa (com o torso nu).

Pontuação Oficial

A pontuação oficial nas provas do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, apenas para os atletas federados e em dia com suas obrigações estatutárias, será a seguinte:

Esta sequência de pontuação do primeiro ao décimo colocado será fornecida tanto na categoria geral quanto nas respectivas faixas de idade de cada atleta, ou seja, todos pontuam simultâneamente na geral e em sua faixa etária de acordo com a ordem de chegada em cada uma delas.

Ao final do Campeonato faz-se a apuração na geral e os atletas premiados até a quinta colocação saem de suas respectivas categorias fazendo-se um remanejamento nas mesmas a fim de se conhecer os próximos atletas não premiados na geral e que serão os efetivos vencedores em suas categorias (não haverá dupla premiação final).