Armando Barcellos explica tudo que você precisa saber sobre rolos, de forma simplificada

Armando Barcellos, ex-triatleta de Elite, atual vice-presidente da CBTri e proprietário da Barcellos Bike, deu uma importante contribuição para os nossos atletas explicando, de forma sucinta, itens importantes sobre os rolos de treinamento.

Em tempos de pandemia, pode ser valioso para muitos.

Boa leitura!

 

Tudo que você precisa saber sobre Rolo, de forma simplificada:

O rolo de treinamento de ciclismo é um equipamento para pedalar em de forma estática em relação ao seu deslocamento.

Vamos abordar que ainda gera muitas dúvidas. O importante na classificação de um rolo é o tipo de resistência e suas regulagens que ele pode proporcionar.

Vamos começar tipificando este equipamento em geração 1, 2 ,3 e 4 para efeito didático.
Geração 1 – SemConectividade

Vamos sub-classificar estes equipamentos pelos diferentes tipos de resistência que eles possuem.

  1. Carga por atrito – estes são os rolos mais básicos. Não possuem uma resistência a ser vencidas. Geralmente são usados para uso com geração de cargas até 120 watts*. Muito básico e não servem para treinamentos. Atenderam somente pessoas muito iniciantes no esporte ou sedentárias.
  2. Cargas por vento – neste equipamento se apresentam cargas geradas por ventoinhas.Estas cargas não são grandes (Max 250w em média)* porem o barulho gerado e ensurdecedor. Só é recomendado para locais em que não há problemas de incomodo alheio por conta de ruídos.
  3. Rolo livre – são equipamentos em que se pedala em cima de roletes equilibrando-se. A geração de cargas normalmente é feita somente por intermédio das próprias marchas da bicicletas com geração de cargas de baixa intensidade. Não é recomendado para iniciantes, por conta do equilíbrio necessário.
  4. Carga Magnética – nesta categoria já atende aos atletas que precisam ter cargas compatíveis com as que eles encontram em seu cotidiano,porém ainda bastante variados em relação a qualidade. Aqui você vai encontrar rolos que geram watts* suficientes para um treinamento amador.
  5. Cargas Hidráulicas – aqui você tem o que chamamos de primeiro rolo semi profissional . A carga geralmente e gerada de forma exponencial, isto é, quanto mais rápido sua velocidade, mais carga é gerada. Normalmente são os de melhor custo benefício e se consegue cargas superiores a 350w*.

Todos os rolos de primeira geração podem se tornar “Smart” através de pelo menos um dos sensores (bluetooth ou ANT+ à seguir: velocidade, cadencia e potência). Quanto mais sensores, maior precisão na mensuração dos dados no aplicativo.

Geração 2 – Cargas eletromagnéticas

  1. Smart – nesta categoria temos o controle de cargas através de aplicativos de forma unilateral. Você consegue se conectar virtualmente com os aplicativos, porém não consegue que o aplicativo interaja com seu equipamento.
  2. Interativo – nesta categoria você está próximo ao que temos de melhor. Aqui o aplicativo em que você estará conectado, vai conseguir interagir com seu rolo de forma a criar uma situação real em relação a relevos, ventos, vácuo etc. É realmente como se você estivesse em um treino na estrada.

Geração 3 – Cargas eletromagnéticas

  1. Estático – esta geração não e necessário a roda traseira de sua bike para se conectar ao rolo. Você consegue acoplar sua bike sem roda traseira diretamente no rolo.
  2. Dinâmico – neste modelo você tem todos os benefícios e ainda simula a cambagem da bicicleta de forma a trabalhar sua propriocepção. Omais real de todos ate aqui.

Geração 4 – Esteiras

  1. Nesta categoria, você comprou uma estrada particular, pois você tem uma esteira que regula a inclinação e velocidade. Aqui você pedala livremente com simulações de cargas e treina habilidades necessárias a este esporte. Ela avança de 40 Km/h a 60 km/h nos modelos mais avançados. O problema aqui são os preços proibitivos ainda.

*Ressaltando que as cargas descritas são relativas a um relação de marchas de 53 x 15 a uma velocidade simulada de 40 km. Suas proporcionalidades devem ser levadas em consideração em caso de relação de marchas diferentes. Estes números tem uma precisão de aproximadamente 15% em relação ao descrito.

Estes números são baseadas em minha experiencia pessoal em cada um dos equipamentos.

Espero ter ajudado a esclarecer duvidas a respeito deste mundo virtual.

Bons treinos e saúde a todos
Armando Barcellos