Matheus Diniz e Luiza Cravo vencem e confirmam favoritismo no Aquathlon

Matheus Diniz vence com o tempo de 29min23s – Foto: Gabriel Heusi

Com uma corrida impecável, o triatleta Matheus Diniz venceu, neste domingo, a segunda etapa do Aquathlon do Circuito UFF Rio Triathlon, na Praia de Copacabana, após nadar 1km e corre 5km em 29m23s. Em segundo lugar ficou Luiz Lebeis, com 30m35s, seguido de Eduardo Beretta, com 30m59s; Rômulo Santos, com 31m02s; e Pedro Moreira, com 32m01s. No feminino, o domínio foi todo de Luíza Cravo, que liderou a natação e a corrida, fechando a prova em 33m17s. Também subiram ao pódio Renata Moreira, vice-campeã com o tempo de 37m46s, Isabele Barbiere dos Santos, terceira colocada, com 38m48s; Luana Campos, com 39m06s; e Débora Carvalho, com 39m27s. Entre atletas de alto rendimento e geral, nas categorias masculina e feminina, a prova reuniu mais de 200 participantes.

Para conseguir a vitória, Diniz se poupou na natação e imprimiu um ritmo forte na corrida. Ele deixou a área de transição para a corrida em segundo lugar, atrás do carioca Lebeis, mas logo assumiu a liderança e não foi mais ameaçado.

“Fiz uma prova estratégica. Larguei bem na natação, mas, quando percebi que não conseguiria ser o primeiro na natação, deixei para dar tudo na corrida. Aconteceu como planejado. Encaixei um ritmo forte, passei o primeiro atleta que saiu da água (Lebeis) na primeira perna da corrida e depois foi administrar até a chegada”, afirma o goiano Diniz, triatleta do Esporte Clube Pinheiros, de São Paulo, e campeão brasileiro de aquathlon no ano passado.

Esta é a primeira vez que Diniz participa do Circuito UFF Rio Triathlon: “Prova muito bem organizada, a melhor de aquathlon do país”.

O sorriso da campeã Luíza Cravo – Foto: Gabriel Heusi

Luiza Cravo também era só sorrisos após a prova. Preparando-se para o Mundial de Ironman 70.3, no Estados Unidos, em setembro, ela planejou competir no Circuito UFF Rio Triatlhon para incrementar seus treinos. Na semana passada, ela foi a segunda colocada na terceira etapa do triathlon do circuito.

“O clima estava perfeito, apesar de a água estar um pouco gelada. Consegui sair bem da água e fiz força na corrida do início ao fim para chegar na frente. Eu não queria ganhar, mas fazer o meu melhor. E deu tudo certo”, diz Luiza, que, na semana que vem, vai participar da segunda etapa do Duatlhon do Circuito UFF Rio Triathlon, na Enseada de Botafogo, com 4,2km de corrida, 16,8km de ciclismo e, para fechar, mais 2,1 km de corrida. “Essa competição é muito bem organizada e quero estar em todas as suas etapas. Mas por causa do Mundial, o meu primeiro, não estarei aqui na quarta etapa do triathlon, em agosto, por causa dos Estados Unidos”.

Os primeiros colocados de alto rendimento, no masculino e feminino, receberam a seguinte premiação: R$ 1 mil para o campeão, R$ 750 para o segundo colocado e R$ 500 para o terceiro. Além disso, o melhor da natação recebeu uma bonificação de R$ 500. Os três melhores nas 13 categorias de faixas etárias da Federação de Triathlon do Rio de Janeiro também receberam troféu.

Confira os resultados completos